Instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas "Ex"

Instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas "Ex"
Normas Técnicas Brasileiras adotadas pela ABNT sobre instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas das Séries ABNT NBR IEC 60079 & ABNT NBR ISO/IEC 80079, de acordo com a ABNT Diretiva 3 - Adoção de documentos técnicos internacionais.

Normas Técnicas Brasileiras sobre instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas

Normas Técnicas Brasileiras sobre instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas
Normas Técnicas Brasileiras adotadas pela ABNT sobre instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas das Séries ABNT NBR IEC 60079 & ABNT NBR ISO/IEC 80079, de acordo com a ABNT Diretiva 3 - Adoção de documentos técnicos internacionais

Livro "O ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas"

Livro "O ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas"
O Livro "O ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas" tem por objetivo proporcionar importantes informações para profissionais envolvidos com a execução ou supervisão de serviços de classificação de áreas, projetos, especificação de equipamentos, montagem, inspeção, manutenção, reparo, recuperação e auditorias de instalações e equipamentos em atmosferas explosivas. Os autores deste Livro “Ex” são: Roberval Bulgarelli (Petrobras) / Organizador, Alexandre Garcia (Techmultlab), Antonio Cesar Gobbi Manfrin (Labelo), Daniel Martin Paganini (SEW do Brasil), Eduardo Giamei Galera (UL do Brasil), Giovanni Hummel Borges (UL do Brasil), Hélio Rodrigues (Abendi), Ricardo Rossit (Sense Eletrônica) , Rüdiger Röpke (Consultor) e Wilson Bonato (NCC Certificações do Brasil). O tempo total de experiência dos autores deste Livro com atividades relacionadas com atmosferas explosivas é de mais de 240 anos, mostrando a experiência acumulada utilizada para a elaboração nesta obra. Este tempo total de experiência em atmosferas explosivas inclui o desenvolvimento e fabricação de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex", ensaios laboratoriais de equipamentos "Ex", certificação de empresas de prestação de serviços "Ex", certificação de competências pessoais "Ex", certificação de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex", bem como serviços de auditorias, classificação de áreas, projetos, montagens, inspeção, manutenção, reparo e recuperação de equipamentos elétricos, de automação, de telecomunicação e mecânicos "Ex".

ABNT Diretiva 3 - Adoção de Documentos Técnicos Internacionais

ABNT Diretiva 3 - Adoção de Documentos Técnicos Internacionais
A existência de Normas Técnicas Brasileiras adotadas em relação às respectivas Normas Técnicas Internacionais da IEC ou da ISO fazem com que sejam aplicáveis no Brasil os mesmos requisitos de segurança, qualidade, eficiência, desempenho, confiabilidade, tecnologia e competências pessoais internacionalmente discutidos e consensados pelos países participantes dos respectivos Comitês Técnicos internacionais.

IEC e ISO - Normas internacionais são mais do que um modo de regular

IEC e ISO - Normas internacionais são mais do que um modo de regular
Utilizando e referenciando Normas Técnicas internacionais IEC e ISO como base de regulamentos públicos nacionais

2º Encontro Anual sobre Atmosferas Explosivas do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI - 07/06/2018

2º Encontro Anual sobre Atmosferas Explosivas do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI - 07/06/2018
Um dos principais objetivos deste Encontro Anual “Ex” do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei é o de proporcionar ao público interessado uma oportunidade de atualização sobre o tema “Ex”, obtendo informações recentes sobre o panorama geral das instalações envolvendo atmosferas explosivas e da necessidade de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos “Ex”, certificação de empresas de prestação de serviços “Ex” e certificação de competências pessoais para a realização de atividades “Ex”, sob o ponto de vista do ciclo total de vida das instalações contendo atmosferas explosivas.

Missão do Subcomitê SC-31 do COBEI - ATMOSFERAS EXPLOSIVAS.

  • Participar das etapas de elaboração, comentários, revisão, atualização, votação e publicação das Normas Técnicas internacionais das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079 elaboradas pelo TC-31 da IEC (Equipment for Explosive Atmospheres).
  • Elaborar, revisar e manter atualizadas, harmonizadas e equivalentes com a normalização internacional da IEC, as Normas Técnicas Brasileiras publicadas pela ABNT das Séries NBR IEC 60079 e NBR ISO/IEC 80079, referentes aos equipamentos elétricos e mecânicos (não elétricos), serviços, instalações, empresas de prestação de serviços e competências pessoais “Ex”, onde exista o risco devido à possibilidade de presença de atmosferas explosivas de gases, vapores, névoas inflamáveis ou poeiras combustíveis.

Triângulo da Explosão: os elementos necessários para a ignição de uma atmosfera explosiva

Triângulo da Explosão: os elementos necessários para a ignição de uma atmosfera explosiva
Para tornar seguras as instalações elétricas e mecânicas em atmosferas explosivas, é necessário que os equipamentos elétricos, eletrônicos, digitais, de automação, de telecomunicações e mecânicos, tanto fixos como portáteis, possuam algum tipo de proteção “Ex” padronizado pelas Normas das Séries ABNT NBR IEC 60079 ou ABNT NBR ISO/IEC 80079. Estes requisitos especiais de construção e certificação são aplicados de forma a evitar que os equipamentos e instalações “Ex” representem fontes de ignição, devido à geração de faíscas, centelhas ou pontos quentes com temperaturas acima da temperatura de ignição dos gases inflamáveis ou das poeiras combustíveis que estejam presentes no local da instalação. Com estes recursos construtivos, bem como com a aplicação dos devidos procedimentos de classificação de áreas, projeto “Ex”, seleção de equipamentos “Ex”, montagem “Ex”, inspeção “Ex”, manutenção “Ex” e reparos e recuperação dos equipamentos “Ex” é evitado o "fechamento" do Triângulo da Explosão, evitando assim a ocorrência de explosões em áreas classificadas.

Evolução das Normas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079

Evolução das Normas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079
Evolução das Normas Técnicas Brasileiras adotadas sobre sobre "Atmosferas explosivas" das Séries NBR IEC 60079 e NBR ISO/IEC 80079, elaboradas pelas Comissões de Estudo do Subcomitê SC-31 do Cobei e publicadas pela ABNT, equivalentes em conteúdo técnico, forma e apresentação, em relação às respectivas normas técnicas internacionais elaboradas pelo TC-31 da IEC. Adoção de Normas Técnicas Internacionais de acordo com os requisitos especificados na ABNT DIRETIVA 3: Adoção de documentos técnicos internacionais.

Interfaces entre o Subcomitê SC-31 do Cobei e suas Comissões de Estudo e o Comitê Técnico IEC TC-31

Interfaces entre o Subcomitê SC-31 do Cobei e suas Comissões de Estudo e o Comitê Técnico IEC TC-31
Interfaces existentes entre o Subcomitê SC-31 do Cobei (Atmosferas Explosivas) e suas Comissões de Estudo e o Comitê Técnico IEC TC-31 (Equipment for Explosive Atmospheres), para os processos de elaboração, atualização, comentários, votação e aprovação das Normas Técnicas Internacionais das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079.

Organograma e escopo de trabalho das Comissões de Estudo do Subcomitê SC-31 - Atmosferas Explosivas

Organograma e escopo de trabalho das Comissões de Estudo do Subcomitê SC-31 - Atmosferas Explosivas
Organograma e escopo de trabalho das Comissões de Estudo do Subcomitê SC-31 - Atmosferas Explosivas

Total de 49 Países membros do TC-31 da IEC - Equipment for Explosive Atmospheres (Situação em 2016)

Total de 49 Países membros do TC-31 da IEC - Equipment for Explosive Atmospheres (Situação em 2016)
49 Países que integram o TC-31 da IEC: 37 países participantes (Tipo "P") e 12 países observadores (Tipo "O").

Países membros da IEC - Alcance Global (Situação em 2017)

Países membros da IEC - Alcance Global (Situação em 2017)
Total de 171 países participantes da IEC, em todos os cinco continentes

IEC - International Electrotechnical Commission

IEC - International Electrotechnical Commission
Organograma atualizado da IEC - International Electrotechnical Commission, mostrando os três sistemas internacionais de certificação: IECEE, IECEx e IECQ.

ONU - Marco Regulatório Comum para Equipamentos Utilizados em Ambientes de Atmosferas Explosivas.

ONU - Marco Regulatório Comum para Equipamentos Utilizados em Ambientes de Atmosferas Explosivas.
ONU - Marco Regulatório Comum para Equipamentos Utilizados em Ambientes de Atmosferas Explosivas.

Certificação de competências pessoais para a execução de atividades "Ex"

Certificação de competências pessoais para a execução de atividades "Ex"
Certificação de competências pessoais para a execução de atividades em atmosferas explosivas ao longo do ciclo total das instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas “Ex”

IECEx OD 504 Ed. 3.0 - Especificações para a avaliação dos resultados das Unidades de Competência Ex

Sistema IECEx para Certificação de Competências Pessoais para Atmosferas Explosivas - Documento Operacional IECEx OD 504 - Ed. 3.0 (2014) - Especificações para a avaliação dos resultados das unidades de competência

· Unidade Ex 000: Conhecimentos e percepções básicas para entrar em uma instalação contendo áreas classificadas

· Unidade Ex 001: Aplicação dos princípios básicos de segurança em atmosferas explosivas

· Unidade Ex 002: Execução de classificação de áreas

· Unidade Ex 003: Instalação de equipamentos com tipos de proteção Ex e respectivos sistemas de fiação

· Unidade Ex 004: Manutenção de equipamentos em atmosferas explosivas

· Unidade Ex 005: Reparo e revisão de equipamentos com tipos de proteção Ex

· Unidade Ex 006: Testes de equipamentos e instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas

· Unidade Ex 007: Execução de inspeções visuais e apuradas de equipamentos e instalações em, ou associadas a atmosferas explosivas

· Unidade Ex 008: Execução de inspeções detalhadas de equipamentos ou instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas

· Unidade Ex 009: Projeto de instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas

· Unidade Ex 010: Execução de inspeções de auditoria ou de avaliação das instalações elétricas em, ou associadas a atmosferas explosivas


IECEx - Sistemas de certificação para o ciclo total de vida das instalações "Ex"

IECEx - Sistemas de certificação para o ciclo total de vida das instalações "Ex"
Sistemas internacionais de certificação do IECEx, baseados em normas internacionais da IEC e da ISO, com abordagem de segurança durante todo o ciclo de vida das instalações industriais contendo atmosferas explosivas.

IECEx - Sistemas Internacionais de Certificação "Ex"

IECEx - Sistemas Internacionais de Certificação "Ex"
Sistemas internacionais de certificação do IECEx: Certificação de Empresas de Prestação de Serviços Ex”, de Certificação de Competências Pessoais “Ex” e de Certificação de Equipamentos “Ex”.

IECEx: Panorama Geral dos Sistemas de Certificação durante o ciclo total de vida das instalações Ex

IECEx: Panorama Geral dos Sistemas de Certificação durante o ciclo total de vida das instalações Ex
Panorama dos sistemas internacionais de certificação "Ex" do IECEx, incluindo certificação de empresas de prestação de serviços "Ex", certificação de competências Pessoais em atmosferas explosivas e de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex", tendo como foco a necessidade de segurança durante o CICLO TOTAL DE VIDA das instalações contendo atmosferas explosivas.

IECEx: Evolução do total de Certificados de Conformidade e Relatórios de Ensaios emitidos (06/2018)

IECEx: Evolução do total de Certificados de Conformidade e Relatórios de Ensaios emitidos (06/2018)
IECEx - Evolução do total de certificados de conformidade e relatórios de ensaios emitidos. Incluindo sistemas de certificação de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex", sistema de certificação de competências pessoais "Ex" e sistema de certificação de empresas de prestação de serviços "Ex", sob o enfoque da segurança ao longo do ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas

Fundação do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei (26/05/2008)

Fundação do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei (26/05/2008)
Reunião da fundação do Subcomitê SC IECEx BR do Cobei, realizada na ABINEE em 26/05/2008, com o objetivo de participar e acompanhar, em nome do Brazil National Committee of the IECEx, da elaboração e do aperfeiçoamento dos sistemas internacionais do Sistema para a certificação de empresas de prestação de serviços "Ex" (classificação de áreas, projeto, instalação, inspeção, manutenção e reparos de equipamentos Ex), certificação de competências pessoais "Ex" e certificação de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex". Participação de representantes do Cobei, Inmetro, Petrobras, IEC CAB, Abinee, NCC, IEx, Cepel, UL do Brasil, IEE/USP e Bureau Veritas Certification.

Inscrição do Brasil, através do COBEI - Brazilian National Committee, no IECEx System - 18/11/2008.

Inscrição do Brasil, através do COBEI - Brazilian National Committee, no IECEx System - 18/11/2008.
A inscrição do Brasil no IECEx System foi realizada em 18/11/2008, durante o 1º CIAEX – Congresso sobre Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas, realizado em São Paulo, em paralelo com as reuniões do TC 31 da IEC no Brasil. Na foto, o Sr. Uwe Klausmayer (no centro) - Coordenador do IECEx, apresenta o documento de inscrição do Brasil, elaborado e assinado pelo COBEI, em nome do Brazilian National Committee. Da esquerda para a direita na foto: Roberval Bulgarelli (PETROBRAS/COBEI), Giovanni Hummel Borges (IEx – Instituto de Certificação), Rüdiger Röpke (ISA BR – Distrito 4), Dácio Jordão (IEx – Instituto de Certificação), Uwe Klausmayer (Chair IECEx), Leandro Erthal (PETROBRAS), Marcelo Appel (IEx – Instituto de Certificação) e Vandelei Chanquine (Consultor).

SC IECEx BR - Organograma do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI e suas interfaces com o IECEx System.

SC IECEx BR - Organograma do Subcomitê SC IECEx BR do COBEI e suas interfaces com o IECEx System.
Organograma do Subcomitê SC IECEx BR e suas interfaces com o COBEI e com o IECEx - IEC System for certification to standards relating to equipment for use in explosive atmospheres. Data de criação do SC IECEx BR: 26/05/2008. Data da inscrição do Brasil no IECEx: 18/11/2008. Data de oficialização do ingresso do Brasil como país membro do IECEx: 22/01/2009.

IECEx - COBEI - Certificate of Membership - Certificado de Afiliação.

IECEx - COBEI - Certificate of Membership - Certificado de Afiliação.
Certificado de afiliação emitido pelo IECEx para o COBEI, confirmando este Comitê Brasileiro de Eletricidade como "Brazilian Member Body" perante o IECEx.

Abendi - Criação do Conselho de Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas

Abendi - Criação do Conselho de Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas
Participantes do Bureau e do Conselho do Sistema de Certificação de Competências Pessoais Ex da Abendi, criado em 05/12/2013. Sistema baseado nas 10 Unidades de Competências Pessoais definidas no Documento Operacional IECEx OD 504. Conselho constituído por representantes da Abendi, Petrobras, IBP, Transpetro, SENAI/FIRJAN, USP/IEE/CERTUSP, ABPEx, Abinee, WEG, FT Automação e Givaudan Química.

Abendi - Lançamento do Programa de Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas

Abendi - Lançamento do Programa de Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas
Abendi - Evento pioneiro no Brasil, ocorrido em 06/11/2014, de lançamento do Programa de Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas, baseado nos requisitos e Documentos Operacionais do IECEx. Profissionais envolvidos com competências pessoais em atmosferas explosivas homenageados neste Evento: Alberico Couto Ferraz, Dácio de Miranda Jordão, Sérgio Rausch, Rüdger Heinz Arnold Röpke, Roberval Bulgarelli, Hélio Kanji Suzuki, Giovanni Hummel Borges, Marcelo Appel da Silva, Nelson Mario Lopez Muñoz, Ricardo Rossit, Jair de Bei, Carlos Henrique Rocha, Leandro Erthal, Ivo Rausch e Pedro Estéfano Cohn.

Estrutura de certificação de produtos e serviços "Ex" no Brasil.

Estrutura de certificação de produtos e serviços "Ex" no Brasil.
Estrutura vigente no Brasil para a certificação de serviços e produtos "Ex" para gases inflamáveis e poeiras combustíveis. Organismos de Certificação de Produtos (OCP) e de Pessoas (OPC) "Ex" e Laboratórios de Ensaios "Ex" acreditados pelo Inmetro. Em processo de estudo a alteração desta estrutura, com a introdução de OPC (Organismos de Certificação de Pessoal credenciado) e de conceitos de certificação de serviços e pessoas, harmonizadas com o IECEx.

IECEx - Panorama de sistemas de certificação de empresas de prestação de Serviços "Ex"

IECEx - Panorama de sistemas de certificação de empresas de prestação de Serviços "Ex"
Panorama de sistemas de certificação de empresas de prestação de Serviços em atmosferas explosivas, incluindo serviços de classificação de áreas, projeto, instalação, inspeção, manutenção e reparos de equipamentos elétricos e mecânicos "Ex".

IECEx - Certificação de Equipamentos “Ex”

IECEx - Certificação de Equipamentos “Ex”
Sistema de certificação de equipamentos “Ex”, de acordo com os requisitos da ABNT NBR ISO IEC Guia 65 (Requisitos Gerais para Organismos que operam Sistemas de Certificação de Produtos - OCP) e Requisitos Operacionais do IECEx System: ExCoC = ExTR + QAR.

IECEx - Sistemas de certificação de empresas de prestação de serviços "Ex"

IECEx - Sistemas de certificação de empresas de prestação de serviços "Ex"
Sistemas de certificação de empresas de prestação de serviços "Ex" do IECEx, com correspondentes Normas Técnicas de referência e as respectivas Unidades de Competências Pessoais do Documento Operacional IECEx OD 504 (Ex 001 a Ex 010) para avaliação dos empregados da empresa "Ex" certificada.

IECEx - Processo para a Certificação de Competências Pessoais "Ex".

IECEx - Processo para a Certificação de Competências Pessoais "Ex".
Sistema de certificação de competências pessoais “Ex”, de acordo com os requisitos da ABNT NBR ISO IEC 17024 - Avaliação da conformidade - Requisitos gerais para Organismos que realizam certificação de pessoas - OPC, do IECEx05 - Rules of Procedure e dos Documentos Operacionais OD 501, OD 502, OD 503 e OD 504 do IECEx System.

Classificação de áreas - Definições de ZONAS 0-1-2. Norma ABNT NBR IEC 60079-10-1:2009.

Classificação de áreas - Definições de ZONAS 0-1-2.  Norma ABNT NBR IEC 60079-10-1:2009.
Classificação de áreas contendo gases, vapores e neblinas inflamáveis - Definições de ZONAS 0-1-2. Norma ABNT NBR IEC 60079-10-1:2009 - Atmosferas Explosivas - Parte 10-1: Classificação de áreas - Atmosferas explosivas de gás.

Áreas classificadas - Zona 20, 21 e 22, de acordo com a Norma ABNT NBR IEC 60079-10-2.

Áreas classificadas - Zona 20, 21 e 22, de acordo com a Norma ABNT NBR IEC 60079-10-2.
Definições de áreas classificadas de poeiras combustíveis dos tipos Zona 20, 21 e 22, de acordo com os requisitos indicados na ABNT NBR IEC 60079-10-2.

Estatísticas de freqüência de presença de mistura explosiva para classificação de Zonas. API RP 505

Estatísticas de freqüência de presença de mistura explosiva para classificação de Zonas. API RP 505
Estatísticas de freqüência de presença de mistura explosiva para classificação de Zonas. API RP 505 - American Petroleum Institute, Recommended practice for classification of locations for electrical installations at petroleum facilities classified as Class I, Zone 0, Zone 1 and Zone 2.

Grupos de Gases - Comparação entre designações ABNT NBR IEC 60079-0 e API RP 505 / NEC Art. 500

Grupos de Gases - Comparação entre designações ABNT NBR IEC 60079-0 e API RP 505 / NEC Art. 500
Comparação de designações de GRUPOS DE GASES indicados na Norma ABNT NBR IEC 60079-0 - Atmosferas explosivas - Parte 0: Equipamentos - Requisitos Gerais e API RP 505 - American Petroleum Institute, Recommended Practice for classification of locations for electrical installations at petroleum facilities classified as Class I, Zone 0, Zone 1 and Zone 2 / NEC Art. 500.

Grupos de Poeiras - Comparação entre designações ABNT NBR IEC 60079-0 e NEC Art. 500 / NFPA 499

Grupos de Poeiras - Comparação entre designações ABNT NBR IEC 60079-0 e NEC Art. 500 / NFPA 499
Comparação de designações de GRUPOS DE POEIRAS COMBUSTÍVEIS indicados na Norma ABNT NBR IEC 60079-0 - Atmosferas explosivas - Parte 0: Equipamentos - Requisitos Gerais e NEC Art. 500 / NFPA 499 - Recommended Practice for the Classification of Combustible Dusts and of Hazardous (Classified) Locations for Electrical Installations in Chemical Process Areas.

Relação entre subdivisão do GRUPO de gás ou poeiras e os grupos de equipamento "Ex" permitidos.

Relação entre subdivisão do GRUPO de gás ou poeiras e os grupos de equipamento "Ex" permitidos.
Relação entre subdivisão do GRUPO da classificação de áreas de gás inflamável ou poeiras combustíveis do local da instalação e o grupo de equipamento "Ex" permitido para instalação. Requisito de seleção e especificação técnica de equipamento "Ex" indicada na ABNT NBR IEC 60079-14.

Classes de temperatura de áreas classificadas e temperatura de superfície de equipamentos "Ex".

Classes de temperatura de áreas classificadas e temperatura de superfície de equipamentos "Ex".
Determinação das classes de temperatura de áreas classificadas e temperatura de superfície de equipamentos "Ex" - Requisito de estudos de classificação de áreas, de acordo com a ABNT NBR IEC 60079-10-1 e requisitos de seleção e especificação técnica de equipamentos "Ex", de acordo com os requisitos das ABNT NBR IEC 60079-0 e ABNT NBR IEC 60079-14.

Desenho de classificação de áreas dos tipos Zona 0, 1 e 2 - Elevação.

Desenho de classificação de áreas dos tipos Zona 0, 1 e 2 - Elevação.
Exemplo de desenho de elevação (corte) de classificação de áreas contendo gases inflamáveis (Grupos IIA / IIB / IIC): Zonas 0, 1 e 2.

Desenho 2D clássico de elevação de classificação de "áreas" em indústria petroquímica.

Desenho 2D clássico de elevação de classificação de "áreas" em indústria petroquímica.

Desenho 2D clássico de elevação de classificação de "áreas": Casa de Controle Local em área segura.

Desenho 2D clássico de elevação de classificação de "áreas": Casa de Controle Local em área segura.

Desenho de classificação de áreas contendo poeiras combustíveis (Elevação)

Desenho de classificação de áreas contendo poeiras combustíveis (Elevação)
Exemplo de desenho de elevação (corte) de classificação de áreas contendo poeiras combustíveis (Grupos IIIA / IIIB / IIIC): Zonas 20, 21 e 22.

Poeiras combustíveis - Corte de classificação de áreas - Norma ABNT NBR IEC 60079-10-2.

Poeiras combustíveis - Corte de classificação de áreas - Norma ABNT NBR IEC 60079-10-2.
Exemplo de desenhos clássicos e tradicionais de projeto de elevação em CAD 2D de extensão de áreas classificadas em uma planta de petroquímica contendo poeiras combustíveis, de acordo com os requisitos indicados na Norma ABNT NBR IEC 60079-10-2.

Planta 2D de Regiões Classificadas disponibilizada: Avaliação de Risco pela operação e manutenção.

Planta 2D de Regiões Classificadas disponibilizada: Avaliação de Risco pela operação e manutenção.

Vista "Leste" de Maquete 3D apresentando extensões de regiões classificadas, similar aos cortes 2D.

Vista "Leste" de Maquete 3D apresentando extensões de regiões classificadas, similar aos cortes 2D.

Classificação de áreas contendo gases inflamáveis elaborado em CAD 3D - Planta de Propeno

Classificação de áreas contendo gases inflamáveis elaborado em CAD 3D - Planta de Propeno
Classificação de áreas contendo gases inflamáveis elaborado em CAD 3D - Planta de Propeno

Maquete 3D contendo extensões de regiões classificadas com informação sobre 'EPL', Zonas e Grupos.

Maquete 3D contendo extensões de regiões classificadas com informação sobre 'EPL', Zonas e Grupos.

Maquete 3D com regiões classificadas em Casa de Compressores de Hidrogênio de planta petroquímica.

Maquete 3D com regiões classificadas em Casa de Compressores de Hidrogênio de planta petroquímica.

Equipamentos de processo modelados em CAD 3D com extensão de regiões classificadas.

Equipamentos de processo modelados em CAD 3D com extensão de regiões classificadas.

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2
Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2 - Grupo IIC - Classe de Temperatura T3

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2
Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2 - Grupo IIA - Classe de temperatura T3

Motor pressurizado Ex “pzc” EPL Gc, com tensão nominal de 13.8 kV, instalado em Zona 2

Motor pressurizado Ex “pzc” EPL Gc, com tensão nominal de 13.8 kV, instalado em Zona 2
Motor pressurizado Ex “pzc” EPL Gc, com tensão nominal de 13.8 kV, instalado em área classificada Zona 2 / Grupo IIA

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2

Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2
Motor Ex “ec” EPL Gc, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2

Motor Ex “eb”, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada de FPSO

Motor Ex “eb”, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada de FPSO
Motor Ex “eb”, com tensão nominal de 4.16 kV, instalado em área classificada Zona 2 de navio do tipo FPSO (Floating Production Storage and Offloading)

Motor de indução trifásico Ex “tb” EPL Db, com tensão nominal de 380 V, instalado em Zona 21

Motor de indução trifásico Ex “tb” EPL Db, com tensão nominal de 380 V, instalado em Zona 21
Motor de indução trifásico Ex tb IIIC 125 ºC Db, com tensão nominal de 380 V, instalado em área classificada Zona 21

Motores com tipo de proteção Ex “pzc” – Invólucros Pressurizados – ABNT NBR IEC 60079-2

Motores com tipo de proteção Ex “pzc” – Invólucros Pressurizados – ABNT NBR IEC 60079-2
Motores com tipo de proteção Ex “pzc” – Invólucros Pressurizados – ABNT NBR IEC 60079-2, com tensão nominal de 13.8 kV instalados em áreas classificadas Zona 2 - Grupo IIA - Classe de Temperatura T3.

Diagrama de blocos de um conversor de frequência com controle do tipo PWM para acionamento de motor

Diagrama de blocos de um conversor de frequência com controle do tipo PWM para acionamento de motor
Diagrama de blocos de um conversor de frequência com controle do tipo PWM para acionamento de motor elétrico “Ex”

Símbolo "Ex" para placas de sinalização de áreas classificadas. Padrão DIN 40012-3/1983 e ATEX (CE)

Símbolo "Ex" para placas de sinalização de áreas classificadas. Padrão DIN 40012-3/1983 e ATEX (CE)
Símbolo padronizado para sinalização de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou poeiras combustíveis, de acordo com a Norma DIN 40.012 3 / 1984 – Protection against explosion: Marking of potentially explosive areas – Signs and Plates.

Símbolo de REPARO em equipamentos "Ex" em conformidade com a certificação e/ou especificações.

Símbolo de REPARO em equipamentos "Ex" em conformidade com a certificação e/ou especificações.
ABNT NBR IEC 60079-19 - Atmosferas explosivas - Parte 19: Reparo, revisão, recuperação e modificação de equipamentos elétricos.

Símbolo "Ex" para identificação de equipamentos certificados para uso em atmosferas explosivas.

Símbolo "Ex" para identificação de equipamentos certificados para uso em atmosferas explosivas.
Símbolo "Ex" para identificação de equipamentos certificados para uso em atmosferas explosivas. Símbolo padronizado na Norma DIN 40.012 3 / 1984 – Protection against explosion: Marking of potentially explosive areas – Signs and Plates.

Símbolo de REPARO em equipamentos "Ex" em conformidade com as Normas, mas não com a certificação.

Símbolo de REPARO em equipamentos "Ex" em conformidade com as Normas, mas não com a certificação.
ABNT NBR IEC 60079-19 - Atmosferas explosivas - Parte 19: Reparo, revisão, recuperação e modificação de equipamentos elétricos.

Exemplo de placa de sinalização de segurança de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas

Exemplo de placa de sinalização de segurança de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas
Exemplo de placa de sinalização de segurança industrial "Ex" para áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou poeiras combustíveis, de acordo com os requisitos da Norma ISO 3864-1: Graphical symbols - Safety colours and safety signs - Part 1: Design principles for safety signs and safety markings e da Norma DIN 40012-3/1984: Protection against explosion: Marking of potentially explosive areas - Signs and Plates.

Placa de sinalização de segurança de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas

Placa de sinalização de segurança de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas
Exemplo de placa de sinalização de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas, de acordo com a Norma internacional IEC 61892-7 - Unidades marítimas fixas e móveis - Instalações elétricas - Parte 7: Áreas classificadas.

Placa de sinalização de segurança para áreas classificadas contendo atmosferas explosivas

Placa de sinalização de segurança para áreas classificadas contendo atmosferas explosivas
Exemplo de placa de sinalização de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas, de acordo com a Norma internacional IEC 61892-7 - Unidades marítimas fixas e móveis - Instalações elétricas - Parte 7: Áreas classificadas.

Equipamentos mecânicos "Ex" - Bomba centrífuga certificada para atmosfera explosiva: Ex cb IIB T2.

Equipamentos mecânicos "Ex" - Bomba centrífuga certificada para atmosfera explosiva: Ex cb IIB T2.
Exemplos de equipamentos mecânicos com certificação "Ex" - Bomba centrífuga e acoplamento certificados para atmosfera explosiva de gases inflamáveis: Ex cb IIB T2. Descrição da marcação de bomba centrífuga e de acoplamento mecânico (equipamentos não elétricos) certificados para instalação em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas: Ex cb IIB T2: Ex “c” – Tipo de proteção por segurança construtiva, Ex “b” – Tipo de proteção por controle da fonte de ignição, IIB – Grupo do gás inflamável do equipamento não elétrico, T2 – Classe de temperatura do equipamento não elétrico.

Equipamento mecânico para atmosferas explosivas – Caixa de engrenagem com marcação Ex cb II T2

Equipamento mecânico para atmosferas explosivas – Caixa de engrenagem com marcação Ex cb II T2
Descrição da marcação da caixa de engrenagem (equipamento não elétrico) para atmosfera explosiva: Ex cb IIB T2: Ex “c” – Tipo de proteção por segurança construtiva, “b” – Tipo de proteção por controle da fonte de ignição, “II” – Equipamento mecânico para o Grupo II - Gases inflamáveis (Grupo III – Equipamento para poeiras combustíveis ou Grupo I – Equipamento para minas de carvão), IIB – Grupo do gás inflamável do equipamento não elétrico, T2 – Classe de temperatura do equipamento não elétrico.

Equipamentos mecânicos para atmosferas explosivas - Subcomitê SC-31M do TC-31 da IEC

Equipamentos mecânicos para atmosferas explosivas - Subcomitê SC-31M do TC-31 da IEC
Equipamentos mecânicos para atmosferas explosivas - Subcomitê SC-31M do TC-31 da IEC - Exemplo de descrição dos tipos de proteção normalizados "Ex" e da marcação de um compressor de biogás (equipamento não elétrico para atmosfera explosiva): Marcação do equipamento: Ex - "Interior" – "Exterior" – c IIB T2: “II” – Equipamento para o Grupo II - Gases inflamáveis (Grupo III – Equipamento para poeiras combustíveis ou Grupo I – Equipamento para minas de carvão), “Interior” - Área classificada no interior do equipamento mecânico, “Exterior” – Área classifica do local onde o equipamento mecânico pode ser instalado, “c” – Tipo de proteção normalizada por Segurança construtiva, IIB – Grupo do gás inflamável do equipamento não elétrico, T2 – Classe de temperatura do equipamento não elétrico.

Equipamentos mecânicos "Ex" - Bomba centrífuga certificada para atmosfera explosiva: Ex cb IIA T2.

Equipamentos mecânicos "Ex" - Bomba centrífuga certificada para atmosfera explosiva: Ex cb IIA T2.
Exemplos de equipamentos mecânicos (não elétricos) com certificação de conformidade "Ex" - Bomba centrífuga e acoplamento certificados para atmosferas explosivas de gases inflamáveis: Marcação Ex cb IIA T2. Descrição da marcação da bomba centrífuga e do acoplamento mecânico (equipamentos não elétricos) certificados para instalação em áreas classificadas contendo atmosferas explosivas: Ex cb IIA T2: Ex “c” – Tipo de proteção por segurança construtiva, Ex “b” – Tipo de proteção por controle da fonte de ignição, IIA – Grupo do gás inflamável do equipamento não elétrico, T2 – Classe de temperatura do equipamento não elétrico.

Equipamentos mecânicos (não elétricos) com tipos de proteção “Ex” para áreas classificadas.

Equipamentos mecânicos (não elétricos) com tipos de proteção “Ex” para áreas classificadas.
Tipo de proteção por segurança construtiva - Ex “c”: Características técnicas comprovadas são aplicadas na construção do equipamento mecânico que não possua uma fonte de ignição sob condições normais de operação. O risco de uma falha mecânica que cause uma temperatura capaz de gerar ignição e faíscas é reduzido a um nível mínimo por meio das técnicas construtivas aplicadas ao equipamento mecânico. Uma aplicação típica deste tipo de proteção “Ex” são acoplamentos, bombas, caixas redutoras de engrenagens e acionamentos por correia. Tipo de proteção por invólucros pressurizados - Ex “p”: A formação de uma atmosfera explosiva no interior do equipamento mecânico é evitada pela manutenção de uma pressão interna com um gás de proteção. Tipo de proteção por monitoração – Ex “b”: Sensores integrados ao equipamento para detecção de condições de risco que possam ocorrer. Antes que fontes de ignição possam se tornar efetivas, um parada de emergência do equipamento é realizada. Este tipo de proteção é tipicamente aplicado para a monitoração de mancais de rolamentos.

Planta petroquímica com Áreas Classificada contendo atmosferas explosivas em uma Refinaria.

Planta petroquímica com Áreas Classificada contendo atmosferas explosivas em uma Refinaria.
Vista aérea mostrando unidade industrial contendo sistemas de geração e purificação de hidrogênio, com atmosferas explosivas de gases inflamáveis.

Exemplo de placa de sinalização de áreas classificadas contendo atmosferas explosivas




Exemplo de placa de sinalização de segurança industrial “Ex” para áreas classificadas contendo atmosferas explosivas de gases inflamáveis ou poeiras combustíveis. De acordo com os requisitos da Norma ISO 3864-1: Graphical symbols - Safety colours and safety signs - Part 1: Design principles for safety signs and safety markings e da Norma DIN 40012-3/1984: Protection against explosion: Marking of potentially explosive areas - Signs and Plates.